sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Honrando o Espirito de Criança - Capítulo 6 - "Doação e Generosidade"




Nota: 

Tradução livre para divulgação de conteúdo sem fins lucrativos.

Destinada apenas para apreciação de fãs.



Sem Fins Lucrativos



HONRANDO O ESPÍRITO DE CRIANÇA

SHMULEY BOTEACH

Em conversas com MICHAEL JACKSON







DOAÇÃO E GENEROSIDADE


“Sempre tive este desejo de dar e ajudar.”



SB: Você sabe que os antigos rabinos diziam que toda vez que você visita alguém doente, você tira um-sexagésimo de sua doença. Mas com você, é quase como se você tirasse 50 por cento de sua doença. [Eu acabara de trazer um jovem com problemas mentais para encontrar Michael e ele iluminou-se no encontro de seu ídolo cantando].

MJ: Sim, sim. Não gosto de ver ninguém ferido ou sofrendo, especialmente as crianças.

SB: Você sente que você tem um poder de cura que foi dado a você? Ou é por causa da celebridade? Em outras palavras, sendo você uma grande celebridade, quando mostra uma atenção às crianças, elas se sentem realmente bem. Elas sabem o quão famoso você é, elas se sentem como "Uau, alguém famoso que se preocupa comigo, devo ser especial." Mas isto é além da celebridade? É algo em você que teve antes da celebridade?

MJ: Penso que é algo que tenho que fazer, porque sempre tive esse desejo de dar e ajudar e fazer as pessoas se sentirem melhor dessa forma.

SB: Você teve isso antes, quando era o garoto Michael Jackson?

MJ: Sim. Se há alguém doente ou que não está se sentindo bem, faço-os sentirem-se felizes, sentirem-se melhores, especialmente se você puder transformá-los e ajudar a salvá-los. Eu amo fazer isso. Adoro ir aos hospitais para ver as crianças.
O que eu não gosto é quando todos os adultos, os médicos e as enfermeiras tiram fotos e toda a atenção. Eles são muito piores do que as crianças. Eles tiram toda a atenção das crianças. Transformam isto num jardim zoológico. Eles transformam.
Amo segurar bebês.

SB: Eu contei-lhe a história sobre Stephen Hawking, o grande físico de Cambridge, sobre o quanto ele adora segurar bebês. Quando ele foi meu convidado como palestrante em Oxford. Minha esposa tinha acabado de dar à luz ao nosso sexto filho e Hawking insistiu em segurar o bebê. Sua esposa que me disse que seu marido ama bebês, levou seus braços sem vida e suavemente envolveu o bebê em uma incrível demonstração de afeto.

MJ: Eu amo bebês.

SB: Todas essas coisas lhe trazem alegria?

MJ: Absolutamente.

SB: Fale-me sobre o seu relacionamento com a Madre Teresa.

MJ: Ela costumava escrever-me muito, longas cartas, e pediu-me para chegar a Calcutá para fazer um show, mas você não pode. Foi difícil explicar para ela por que isto não podia ser feito. Ela disse que eu era um presente de Deus, um anjo, agradeceu-me pelo trabalho que eu fazia para as crianças e como as crianças de lá me amam. "Por favor, tente encontrar uma maneira de vir aqui e fazer um show."
Ela foi muito importante. Devido a escala de popularidade de Diana, Diana ofuscou a Madre Teresa, mas ela na realidade fez muito mais trabalho do que Diana, em um período muito mais amplo. O coração de Diana estava no lugar certo, mas quando Madre Teresa morreu, não foi tão grande como deveria ter sido. [Diana morreu um dia antes de Madre Teresa, e a morte da princesa completamente ofuscou a da santa viva.] Um tesouro internacional foi perdido, mas as pessoas queriam falar mais sobre Diana.

SB: Então, até a Madre Teresa viu grande valor no mundo do entretenimento e como isto poderia elevar essas crianças especiais?

MJ: Entretenimento é sobre levar as pessoas para longe da ordem regular das coisas quando há algum caos, dor e stress. Você torna-se entretido ou encantado por algo, seja ele um show...isso é importante. Todos nós precisamos de um escape, caso possamos obtê-lo.

SB: Você acha que seus filhos, Prince e Paris, vão compreender que você é um pai amoroso, que fez de tudo para eles, com o melhor de sua capacidade, mesmo você dedicando demasiada atenção as outras crianças?

MJ: Se eles alguma vez começarem a dizer: "E quanto a nós? Você esteve sempre correndo para ajudar esta ou aquela criança:" Vou levá-los comigo e então eles poderão ver o porque. "Você quer que eu ignore isto e vire minha cabeça como se não o visse? Você gostaria de ajudar essa criança viver?" E eles vão dizer: "Sim". Então, eles vão entender.
Levaremos brinquedos para hospitais e orfanatos e coisas assim.
Gosto da maneira como Lady Diana fazia seus filhos esperarem na fila. fotos deles nas filas. Isso me impressionou muito. Príncipe Harry e William na fila como todos os outros. Isso era bom.

SB: Você sentiu uma conexão imediata com ela?

MJ: Sim, eu a amei muitíssimo, sempre.

SB: Ela te mostrou muito amor?

MJ: Confiávamos um no outro, particularmente. Tenho muita saudade dela... Sim, muita. Demasiada.




Próximo Capítulo: Gratidão e Reconhecimento


Voltar para Apresentação - Índice


....

6 comentários:

  1. Ohhh, amiga!! Esse livro esta no momento certo, dentro de um tempo e espaço fiel.

    Nada é por acaso!!

    Deus abençoe a grandeza desse capitulo, de todos que estão sendo exaltados com muito merecimento nele. Michael usando sua palavra e levando junto com as indagações do Rabino, essas personalidades ao cosmo, de onde eles vieram.
    Espíritos iluminados, nos ensinando e deixando gravado o verdadeiro sentido de tudo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Não sabia da amizade entre ele e a Madre Tereza, com certeza eram pessoas que se identificavam muito...a repercursão da morte dela realmente não teve a abrangência que ela merecia, sendo ofuscada pela da Diana...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade amiga Alana, a morte da Madre Tereza não teve nem um terço da abrangência que a morte de Diana teve.
      ...e Michael com sua grandiosa sensibilidade reconheceu imediatamente essa falha.

      Porque será que não pode ser feito um show de Michael lá também. Será que o lugar não tinha estrutura.. acho que não, né? ...senão o fofo teria dado um jeito de fazer, com certeza.

      Bjãooo
      LOVE



      Excluir
  3. Olá meninas!!
    Eu, assim como vocês, também estou surpresa com a magia desse livro.
    É incrível!!
    ...é tudo incrível..tudo!!
    ...porque tudo aquilo que conseguimos sentir em Michael, está manifestado, revelado nesse livro.
    A pura essência de Michael, está expressa e impressa nesse livro.

    Você tem razão amiga Márcia... Nada é por acaso, tudo tem sua hora, seu momento certo. Penso da mesma forma.
    ...e fico impressionadíssima como tudo se desenrola por si mesmo, como tudo vai acontecendo naturalmente..como tudo toma o rumo certo como mágica...
    Nada é por acaso, nada.
    Podemos nos sentir abençoadas por ter Michael em nossas vidas.
    Sinceramente, sinto-me abençoada por poder sentir esse amor, essa gratidão, esse êxtase!!
    This is it!

    Bjãooo
    LOVE



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. +++++++++++++++10000000000000000 bjs

      Excluir
  4. Eu acho que a Índia, assim como o Marrocos tem restrições à influência da cultura ocidental. É uma pena!
    Eu me sinto abençoada por estar lendo este livro, meninas. Da vontade de sair gritando pra todo mundo ouvir, pra que conheçam Michael Jackso.

    ResponderExcluir